Combater o Racismo como Prevenção e o O Racismo no mundo moderno

4 mensagens
  • Combater o Racismo como Prevenção

    Eu enfatizo mais particularmente o papel que o combate ao racismo pode ter na prevenção de conflitos, reduzindo tensões raciais e étnicas e apontando para o respeito pelas diferenças. A prevenção foi o tema do meu relatório para a 56ª sessão da Comissão de Direitos Humanos. Eu dispensei uma atenção especial à prevenção porque sinto que a importância de se desenvolver estratégias preventivas não foi ainda completamente compreendida pelos governos. ... Veja mais
    Quanto mais se observam as situações de conflitos, mais possível se torna compreender que, em primeiro lugar, as oportunidades cruciais para evitar que conflitos ocorram continuam sendo desperdiçadas e, em segundo lugar, os fracassos na prevenção de conflitos acarretam imensos custos. Ainda assim, a tendência de reagir ao invés de antecipar – ainda que em face das poderosas evidências dos riscos em se retardar uma acção – continua apresentando resultados óbvios o bastante para não serem notados.
    Ao confrontar o racismo e a xenofobia, nós estaremos combatendo as forças que constituem a base de quase todos os conflitos. Eu peço aos activistas que mantenham o foco nas vantagens preventivas da luta contra o racismo e a xenofobia, durante a preparação e a realização da Conferência Mundial.

    O Racismo no mundo moderno

    Se nossa intenção é ter uma Conferência produtiva, nós devemos acima de tudo entender e acreditar completamente na natureza e extensão do racismo no mundo moderno. Eu creio que para a Conferência Mundial ser relevante, ela deve apontar para a natureza mutuante do racismo e suas causas, além de confrontar as complexas formas de intolerância e preconceito que existem no mundo contemporâneo.

    Esta matéria te com apoio de
    com ajuda da google e a Comissária da ONU para Direitos Humanos aponta desafios ver menos

    Por Pedro - Junho 30 2010
  • Ernestina escreveu - Março 10 2011

    No mundo infelizmente, nem todos se respeitam, não que a raça branca seja superior às outras, todos diferentes, mas todos iguais, todos temos o mesmo apelo à santidade, a sermos filhos bem amados do Pai, por visso diga !Não" ao racismo, diga não , à violência

  • Andreia escreveu - Novembro 16 2010

    não precisa ser negro para ser discriminado.Sou brasileira e branca e moro em Portugal e fico muito
    triste em ver tantos ataques psicológicos, é como se não tivessemos direito algum. Saber que os que
    mais discriminam são os que se escondem por trás de um diploma.Pensam que são melhores. O mais gozado é que adoram ir passear em meu Brasil. Não nos dão liberdade, mas querem te-las em meu país.Se lhes tiram o conhecimento e o dinheiro que tem, eles se resumem a quê?
    Falam da violência física do... Veja mais Brasil, mas aqui o que prevalece é a violência silênciosa (a psicológica). ver menos

  • Hernane escreveu - Setembro 03 2010

    É algo vergonhoso,quando referem na palavra racismo porque acho q a cor da pel não dis nada .

Diretório A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z